Olhares

10 junho 2007

A génese


Dei comigo a pensar porque me meto nestas coisas… estas coisas de escrever sobre o que me vai na alma, entenda-se.

Quando pela 1ª vez entrei na blogosfera, fi-lo numa fase de instabilidade emocional, em que muita coisa me passava pela vida e pela cabeça, e poucas eram boas… como disse mais tarde a um amigo, cheguei a ter momentos em que me apetecia atravessar a 2ª circular, em hora de movimento, de olhos fechados…

Numa fase de desestruturação emocional, encontrei aqui alguns espaços que me fizeram olhar para dentro de mim e relativizar o momento que atravessava. Em pouco tempo senti o impulso de criar o meu cantinho e parti para a aventura.

Aquele canto é como uma gaveta, onde vou guardando alguns pedaços de mim, coloco coisas que me divertem, questões que me inquietam, onde verto algumas emoções e alguns pensamentos, mais ou menos inconsequentes.

Senti em determinado momento que estava a tornar-se demasiado introspectivo, e que eu própria me estava a sentir numa espiral um pouco depressiva. Não estava a gostar da imagem que via reflectida no ecran, não estava a gostar de me sentir assim…

Gosto de desafios, de me superar, de ir mais longe, de me reinventar a cada batalha, e olhei para aquele espaço como um auto-desafio, tinha de o mudar e de me mudar, num processo de reconstrução.

Abri as janelas, arejei o espaço, varri algumas teias de aranha e investi, de cabeça, como quase sempre tenho feito na vida.

Mas, a vida é cíclica e feita de altos e baixos. Mais uma vez me encontrei a “patinar”, e sem capacidade de auto-regeneração naquele espaço. Dividida entre continuar em esforço ou procurar fazer a catarse de outra forma, acabei por criar esta cadeira de psicanalista… pois, que isto quase parece uma cadeira de psicanalista!

Porque é nos momentos em que nos sentimos mais frágeis que mais precisamos de ter a mente clara, porque é nesses momentos que nos faz bem exteriorizar e racionalizar aquilo que nos custa e nos magoa, porque sei que fecharmo-nos, dentro da nossa concha individual, nunca foi a solução.

Num ou noutro momento, todos nós temos o nosso lado escuro da Lua (se conseguisse pôr música neste template, estaria a tocar o “Dark Side of the Moon), todos nós nos debatemos com as nossas crises emocionais ou interiores, mas o caminho faz-se de etapas e por etapas, e cada uma que se ultrapassa é mais uma vitória, ainda que tenhamos sido os últimos a chegar…

Esta será então uma etapa, quer seja longa ou breve, que quero percorrer dentro de mim.

Depois… depois se verá!
posted by Teardrops at 18:27

11 Comments:

Compreendo-te perfeitamente.
E deixo-te o post com que abri o meu blog:

All that you touch
All that you see
All that you taste
All you feel.
All that you love
All that you hate
All you distrust
All you save.
All that you give
All that you deal
All that you buy,
beg, borrow or steal.
All you create
All you destroy
All that you do
All that you say.
All that you eat
And everyone you meet
All that you slight
And everyone you fight.
All that is now
All that is gone
All that's to come
and everything under the sun is in tune
but the sun is eclipsed by the moon.

(Pink Floyd)

Terá alguma coisa a ver?
Beijinho

10 junho, 2007  

hey...
td bem cntg linda?
hmm.. ao ler-te fikei melancólico, revi-me em mtos momentos k descrevestes, o blog k fiz foi tb para "refugiar-me de uns certos demónios"...
compreendo-te perfeitamente
e se precisares de algo... TOU AQUI!
Já agora, deixo aqui este endereço, sei k ñ podemos meter musica mas podemos meter videos de musica.. o "Dark side of the moon" está aki.. ñ sei é kem o canta..:p
um beijão linda e...hey.. anima-te
Mu@@@@@@@@@@@@


http://www.hi5.com/friend/video/displayVideoSearchResults.do?searchText=dark+side+of+the+moon

10 junho, 2007  

PS: basta clicares sobre o " menu " e aparecerá o " grab the code " .. é só copiar e colar no " new post.. mas já sabes disso!
um beijinho!

10 junho, 2007  

como vês há milentos amigos a quererem te puxar para cima, beijo com um sorriso

10 junho, 2007  

Lb

:-)

Tem tudo a ver!

Parece que abrimos por este mundo com coisas muito semelhantes na cabeça

Beijinho

11 junho, 2007  

Fénix

Obrigada por tudo!
Pela tua amizade e por teres encontrado o Dark Side of the Moon, vou pô-lo cá sim!

Sei que esse teu coração também tem andado atribulado... estamos cá, amigo!

Beijinhos

11 junho, 2007  

Libertynus

Os amigos e os sorrisos são o melhor que há! Obrigada!

Nada melhor para nos pôr para cima!

Beijinho com um sorriso também

11 junho, 2007  

Percorre-a, sim... e não te apresses. Olha bem o que te rodeia enquanto caminhas. Disfruta.

12 junho, 2007  

segui o rasto que tentaste apagar e eis-me aqui!
o que te digo em relação ao que li é que tal como tu tb já criei um espaço que, à parte do que usava regularmente para tentar divertir-me, servia para desabafar.
um dia vi que a blogosfera não é local para isso e tu pela experiencia que tiveste do outro lado deves entender o que estou a dizer.
quanto mais nos dedicamos a temas "negros" mais eles se apoderam de nós, apesar de por vezes não dar pra evitar certas situações, há pessoas que nos ajudam a afundar mais e isso não ajuda em nada...

espero por ti do outro lado com um sorriso :)

auuuuuu ;)

12 junho, 2007  

Fallen Angel

As etapas da vida são para ser percorridas, são elas que nos enriquecem e nos fazem ser quem somos...
... percorrerei esta, como já tenho percorrido outras... de olhos bem abertos e a aprender com a vida.

Um beijo, Angel, só um *

13 junho, 2007  

Vício

Apesar de ter apagado os meus rastos, sabia que esse teu faro acabava por te trazer até mim... :-)

Sei bem que por aqui também há "pessoas" que nos põem para baixo, por isso esta portinha foi mais reservada que a outra... agora era o meu momento de reflexão e precisava dele... por isso aqui estou, embora vá continuar "do outro lado" :-)

Lá te espero!

Um beijo, lobito

13 junho, 2007  

Enviar um comentário

<< Home