Olhares

30 março 2008

Hoje, estou assim...



Eu queria ser o Mar de altivo porte

Que ri e canta, a vastidão imensa!

Eu queria ser a Pedra que não pensa,

A pedra do caminho, rude e forte!


Eu queria ser o Sol, a luz intensa,

O bem do que é humilde e não tem sorte!

Eu queria ser a árvore tosca e densa

Que ri do mundo vão e até da morte!


Mas o Mar também chora de tristeza…

As árvores também, como quem reza,

Abrem, aos Céus, os braços, como um crente!


E o Sol altivo e forte, ao fim de um dia,

Tem lágrimas de sangue na agonia!

E as Pedras… essas… pisa-as toda a gente!…


Florbela Espanca - Livro de Mágoas
posted by Teardrops at 02:04 7 comments

19 março 2008

Um mundo novo, sem festas...


Estou numa fase em que as festas não me dizem nada... aliás, numa fase em que as festas fazem parte de algo de doloroso e incómodo, que queria mais era que acabasse!

O Natal, o Ano Novo, o Carnaval, e agora a Páscoa... parece que nada significam... a alegria dos outros parece falsa e vazia, não a sinto e nem consigo entendê-la...

Ando numa fase em que olho o céu, vejo o rasto dos aviões que passam e apetecia-me seguir num deles, não importa para onde, não importa como, nem quando voltar, apenas ir...

Queria fechar um capítulo da vida e começar um novo, mas precisava de começar mesmo um livro novo... em que os personagens fossem outros, em que não houvesse histórias que já tinham sido escritas, nem vidas com percursos, apenas páginas em branco por escrever... onde todos os dias se descobrissem novas emoções, novas sensações, novos mundos por viver, onde não houvesse tradições, nem festas...

Há momentos em que o copo não precisa estar cheio para entornar... basta que algo se tenha quebrado...
posted by Teardrops at 17:02 3 comments

11 março 2008

Conspirações…


Ouvi, algures, que por vezes o Universo conspira contra nós, ou a nosso favor, sei lá!

Pois, acreditem que nos últimos tempos esta frase tem-me vindo à ideia muitas vezes… a cada curva da vida, a cada esquina da nossa existência, a cada virar de página, há forças que se unem para nos fazer viver algumas experiências, que nem sonhávamos viver!

Há pessoas que não esperávamos conhecer e que nos marcam para toda a vida, pessoas que nem sonhávamos existirem e que nos encontram no meio do universo, pessoas que nos amparam, quase sem nos conhecer, e nos ajudam a levantar quando estávamos mesmo a cair…

Quando combinamos encontrar-nos com alguém, rara é a vez em que não ocorre um acaso, em que alguém não se atrasa, alguém espera, alguém se desencontra… em que praticamente nos cruzamos e não nos vemos… depois, há dias em que, sem sequer saber como, nos cruzamos com alguém que não esperávamos ver naquele local e àquela hora…

A vida é feita de uma sequência de acasos, e quem pensar que a tem planeada, desencante-se!
Life is Caos
posted by Teardrops at 01:09 7 comments

06 março 2008

Como era bom...


Eu quero viver a minha próxima vida ao contrário:

Começo morto e livro-me disso.
Depois acordo num lar para a terceira idade, sentindo-me melhor cada dia que passa.
A seguir sou expulso, por estar demasiadamente saudável.
Gozo a minha reforma e recebo a minha pensão de velhice.

Então, quando começo a trabalhar, recebo um relógio em ouro como presente logo no primeiro dia.
Trabalho 40 anos, até ser demasiadamente novo para trabalhar.

Vou para o liceu e bebo álcool, vou a festas e sou promíscuo.
Depois vou para a escola primária, brinco e não tenho responsabilidades.

Transformo-me então num bébé e passo os últimos 9 meses a flutuar pacífica e luxuosamente, em condições equivalentes a um spa, com ar condicionado, serviço de quartos entregue por cabo, e depois...

Acabo num grande orgasmo.
posted by Teardrops at 15:33 6 comments